Análise da detecção e ocorrência de queimadas em áreas urbanizadas e entorno.pdf

Focos de calor são as principais ferramentas para monitoramento de incêndios no Brasil. Contudo, apresentam limitações que podem distorcer a real incidência de fogo em determinados locais. Este trabalho analisou a relação entre queimadas que foram combatidas em algumas cidades do Estado do Tocantins e focos de calor detectados por vários sensores orbitais durante o ano de 2012. Dados de 346 relatórios de ocorrência de incêndios mostraram a concentração de 1,42 eventos/km² em áreas urbanizadas. No entorno de até 9 km ao redor dessas queimadas foram registrados 950 focos de calor, dos quais 40% eram das plataformas AQUA_M-T e TERRA_M-T. A análise dos incêndios e focos de calor registrados no mesmo dia revelou que apenas 7,8% das queimadas foram registradas por algum dos sensores. Houveram outras 89,5% intersecções entre as queimadas e a área de abrangência dos focos de calor, porém com diferença temporal maior que 2 dias.

Created by Marcos Giongo 2020-07-13T16:32:54.999-03:00
Modified by Marcos Giongo 2020-07-13T16:48:55.117-03:00
Versão atual: 1.0
Versões anteriores: